Paróquia São José - João Dourado

A denominação e o surgimento da fé católica daqui deste povo começou quando lá pelos anos de 1960, embora para uma minoria de pessoas, fora celebrada uma missa à sombra de um umbuzeiro no Baixio do Bandeira, propriedade do Sr Leobino pelo Padre Juca, que gentilmente se deslocava da cidade de Morro do Chapéu para fazer as celebrações das missas a um povo um tanto dominado pelo protestantismo já existente no lugar. Mas, através de mito muito esforço e tentativas, com a união de todos as interessados, conseguiu-se a compra do espaço, ou seja, do terreno pelo Sr. Francisco Lima (o popular Chico Pedreira) do Sr. Arnóbio Loula em nome de Dona Laurita na ano de 1963. Contanto que ainda aconteceriam muitas outras contradições para o não acontecimento da construção tão esperada da Igreja, para o surgimento e criação da fé católica no lugar que ainda despertava inocência e incerteza.

Logo após a construção, os casais co-responsáveis pelo movimenta da criação e surgimento da fé católica no povoado de nome Canal, iluminados por Deus e inspirados pelo casal vindo da cidade de Casa Nova Alano Viana Araújo e D. Loura Dourado Araújo (Laurita) que foram as principais responsáveis para com o levantamento da Igreja, mesmo que fosse procurando obter ajuda e recursos de todas as formas, ou até mesmo em pedir auxilio e contribuição em outros paises como Alemanha e Itália, à ponto de influencia até mesmo na vinda dos nossos primeiros celebrantes que aqui chegaram, tal como Pe. Ernesto, Pe Enzo, Pe. Nili, Pe. Kreardo, Pe. Antonio, Pe. Pedro, Pe. Paulo dentre outras mais celebrantes, como as Freiras Bernadete, Geruza, Giselda, Célia, Isabel, Betânia dentre outras ,ais que bastante influenciaram com a medicina popular, e muito ajudaram na culinária domestica, ensinando agradáveis receitas.

Por não contarmos ainda com a nossa Diocese, tínhamos a alegria de receber também para nos auxiliar, a visita dos Bispos da Diocese da Barra e Rui Barbosa Dom Adelino e Dom Matias.

Durante muitos anos, cantávamos sempre com as celebrações dos padres acima já citados,nem que fosse apenas uma vez por mês.

Após a criação da Diocese de Irecê no dia 28/04/1980 pelo papa João Paulo II que tem como patrona o Bom Pastor, é que houve o desmembramento da Diocese de Rui Barbosa. A nova Diocese teve o apossamento do seu 1º Bispo Dom Homero Leite, que fora transferido da Diocese de Itabuna.

Logo após a criação da nossa Diocese, e da emancipação política da nossa cidade (de Canal para João Dourado), com o aumento da população e do numero dos católicos a freqüentar a Igreja, já sob o comando do 2º Bispo Diocesano, D. Edgar Caricio de Gouvêa, houve a necessidade de fixar residência de um Padre na Igreja São José e, assim já aconteceu de termos a presença e o trabalho dos padres que muito contribuíram com a Igreja do Senhor ao nosso meio, e de trabalharem como missionários da messe.

Depois de estabelecida a residência dos padres, veio então o Pe. João de Deus e Silva trabalhar na comunidade como primeiro pároco. Era um Padre muito versátil e expansivo, que muito ajudou no crescimento do povo católico com a construção de várias obras,  com a ajuda de patrocínios de outros países, como por exemplo a construção da casa paroquial, o salão social, a casa das religiosas, a casa da comunidade Volping São Roque, das diversas Igrejas nas comunidades rurais que compõem a Paróquia.Assim como a criação de diversas pastorais e movimentos como: Apostolado da oração; Catequese, Juventude e outros.

Na execução e comando de ser o 2º Padre a fixar residência foi o Pe. José Miranda de Souza sobrinho, o qual criou grupos de base (rua) e também deu estabilidade das pastorais existentes. O 3º Padre foi o Pe. Reis, o qual criou o dízimo no dia 02/11/92, o grupo Garoto de Nazaré e do Canarinho de Jesus.

No dia 06 de junho de 1993 o Pe. José Bezerra Cordeiro tomou posse como Padre residente na Comunidade e no dia 08 de agosto de 1993 foi criada a Paróquia São José de João Dourado pelo Bispo D. Edgar Caricio de Gouvêa , abrangendo  os Municípios de João Dourado, como sede da Paróquia, e América Dourada, sendo inclusos os povoados pertencentes a cada município. O padroeiro da Paróquia é São José, celebrado no dia 19 de março.

A competência do Pe. Cordeiro é referência na versatilidade de sua trajetória de pastor, guia, consultor e amigo, nestes 10 anos de Paróquia. Ele dá ao leigo a dignidade e o direito de trabalhar com altivez, competência, confiança e fé. Assim a comunidade cresce dia a dia com as diversas pastorais numa evangelização constante do povo de Deus.

voltar para História das Paróquias

left|left tsN fwR c15s center|left show fwB c15s center|c10|||news c10 c05 fwR tsY b01 b02 bsd|b01 c05 normalcase uppercase bsd|b01 normalcase fwR c10 tsY bsd|news login c05 b01 normalcase uppercase bsd|c05 tsN normalcase b01 b02 uppercase bsd|b01 c05 normalcase uppercase tsY bsd|||